Super Kawaii Cute Cat Kaoani

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Beatriz e Virgílio

Henry, um escritor promissor, vê o seu seu livro declinado pelos vários editores. Fica destroçado e decide mudar de vida e de cidade, muda-se então com a esposa para longe e começa uma nova vida. Na nova cidade chegam-lhe cartas dos seus leitores e fãs, entre essas cartas está uma bastante intrigante de um fã que mora ali perto...Henry decide ir visitar o  homem que lhe escreve aquelas cartas tão desconcertantes, quando chega à morada pretendida, Henry constata que o seu admirador é um taxidermista....


Não tenho palavras para descrever este livro. Fenomenal??? Não, não chega. Martel é Genial, através deste pequeno livro, ele faz uma descrição do Holocausto, um livro brutal, desconcertante, belo, com uma escrita de Excelência. A trama tem uma evolução de rara beleza e criatividade. Tem twists vários, que deixam qualquer um a duvidar da sua própria sanidade mental. Não tenho mais palavras e já disse muito. 20 estrelas ( ainda é pouco) 

A Evolução de Calpurnia Tate

Calpurnia Tate tem 11 anos em 1899, dedica-se à observação de insectos no seu quintal. Como não entende o que vê, procura os conselhos de seu avô, criando assim um laço estreito de relação ; avô/neta , na quase mudança de século.

Não gostei da história e não gostei da escrita. É uma história aborrecida e uma escrita simples e igualmente aborrecida. Não há nada a acontecer, (tirando a observação dos bicharocos) e nada que ,por isso, prenda o leitor ao livro. As personagens são desinteressantes, monótonas e sem vida, a própria Callie, tem um comportamento estranho para uma criança de 11 anos.Não há evolução da trama nem ponto alto do livro. 2.5 estrelas (pela capa)

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Gol - The Legends of Ansu

Um continenete às portas da destruição, outrora um grande reino, mas com a sede de poder e glória o território está dividido em 6 províncias, governadas por barões sedentos de sangue e guerra. Numa das provincias do Sul, Lissane Barola (filha de um barão) conhece um jovem poeta/músico, Erun Cade, filho do ferreiro lá da terra. O jovem poeta é um idiota convencido, não sabe fazer nada e pensa casar com Lissane. Claro que o comportamento dos dois jovens não agrada ao Barão, que manda matar o poeta e o ferreiro seu pai....Lissane tenta o suicídio, mas tem uma visão de uma deusa que a ajuda e a aconselha....Erun Cade não morreu, ele será o favoritop dos Deuses, e voltará para vingar o pai e recuperar Lissane, Erun vai tornar-se no homem mais poderoso do Império....será que sim??

Uma leitura magnífica, dos melhores épicos que li nos últimos anos. A escrita é de grande qualidade, e a trama é de cortar a respiração. Os personagens são excecionais, a mistura da história com a mitologia resultou a 100%. Vamos reconhecer aqui personagens como : Bridei, rei dos Pictos, as tribos Celtas da Irlanda, Odin e Frigga , deuses nórdicos, o território de Dalriada, enfim...claro que o autor mudou os nomes, mas as personagens não deixam de ser quem são, ou neste caso, quem foram. Uma leitura brutal e magnífica, com vários POVs , uma estrutura complexa , personagens inesquecíveis. Todos os que gostam de história, mitologia, feitiçaria, erotismo, romance, todos os que gostam de GoT , vão encontrar aqui a vossa próxima leitura. por favor leiam. 5 estrelas porque não posso dar mais

Ready Player One

Estamos no ano 2044, Wade Watts é um jovem que vive nas torres de atrelados com a tia que o acolheu, mas que pouco ou nada faz por ele. Wade dedica o seu tempo a um jogo virtual chamado Oásis, e toda a sua pobre existência é passada no computador, incluindo a 'ida' à escola.Um belo dia é anunciado um novo jogo, quem conseguir chegar ao fim será herdeiro de um Império.

Uma boa leitura, sem dúvida, o relato da vivência do jovem Wade dentro da realidade virtual é excelente. A trama é muito boa, a construção   do mundo real contudo, não me pareceu das melhores. A escrita é correta, mas não é magnífica, tem demasiadas referências aos anos 80, o que a dada altura se torna aborrecido (para mim), pois não sei quase nada sobre essa época, e também não estou nada interessada em saber. A única coisa que reconheci foi a referência ao filme Star Wars, e ainda assim o autor cometeu um erro CRASSO quando escreveu que R2 D2 era do filme StarTrek????????WTF??? A descrição da realidade virtual, baseada nos tais anos 80 foi magistral,eu já fui jogadora de WoW e de dungeons and dragons, espero voltar a instalar o WoW, este jogo salvou-me de uma morte certa,é só isto que vos digo.5 estrelas

domingo, 19 de junho de 2016

The City of Mirrors

Os nossos sobreviventes, vivem agora em paz na localidade de Kerrvile. 20 anos sem virais, as pessoas casam e têm filhos, a vida continua. Alicia partiu, Amy desapareceu, portanto a comunidade não tem notícias delas há 20 anos. Greer sabe, Michael sabe... a pacatez dos sobreviventes está prestes a mudar...os animais começam a desaparecer.

O que posso dizer??? O 3º e último livro da trilogia, A Passagem, é uma obra-prima. A escrita é difícil, o autor volta atrás no tempo para nos explicar  como tudo começou. A estrutura é brilhante e muito bem conseguida, a trama é de tirar a respiração. O desenvolvimento e progressão dos personagens é excelente. Aviso já que o livro tem partes brutais, de extrema violência. As descrições do que resta do mundo são aterradoras e ao mesmo tempo fabulosas. Não digo mais nada pois sei que estão a ler :D. Daria 10 estrelas se pudesse.

The Star Touched Queen

Mayadiva é uma das princesas do harém, é odiada e repudiada por todos. A sua mãe , uma das mulheres do Raja, morreu quando ela nasceu. Maya trazia um horóscopo de morte, Maya é o simbolo da morte, Maya é a Morte. Seu pai decide 'despachá-la' e arranja um casamento com um principe dos arredores, afirmando que assim haverá paz, ahhh mas Maya é avisada, ou casa ou morre.....

Um romance Fabuloso, cheio de misticismo hindú. Aqui não há triângulos amorosos, nem clichés. Uma trama maravilhosa, com descrições maravilhosas. A escrita é magnífica e involvente, eu diria mesmo, sedutora e hipnótica, tal não é a beleza das palavras. Esta é a história de uma princesa e de um principe, que se perderam um do outro. Um está vivo o outro habita entre os vivos e os mortos, será que se voltarão a encontrar ? Foi uma leitura fabulosa. Daria 10 estrelas se pudesse, foi Fenomenal

The Last Star

A 5ª Vaga está a chegar, os nossos protagonistas têm que tentar salvar o mundo da destruição total. Sei que muitos de vocês estão a ler, portanto não vou escrever mais nada na sinopse.

Este livro desapontou MUITO. O ritmo é lento e aborrecido, não acontece grande coisa, excepto nas últimas páginas. O autor deixou muitas pontas soltas e o fim foi escrito às pressa e meio atabalhoado. Os dois primeiros livros foram excelentes este foi a conclusão e sem dúvida o pior livro da trilogia. Mais uma vez assistimos aqui a uma cópia do filme 'O Dia da Independência', quem conhece o filme sabe qual será a solução para o salvamento do mundo. Ainda assim o autor concluiu a trilogia. 3 estrelas

The Crowns Game

Numa pequena ilha perto de S. Petersburgo, Vika treina os seus dotes de encantadora para servir o Tsar Alexander, pensa que quando o seu treino estiver terminado, a sua vida mudará, será reconhecida pelo mundo inteiro.Mas algures ali por perto, outro encantador, Nikolai, tem os mesmos pensamentos. Para grande surpresa de Vika e de seu pai Sergei, o Tsar manda chamar os dois mágicos e ordena-lhes que façam um concurso até à morte , o sobrevivente vencerá....

Parece uma sinopse muito interessante, mas o livro não foi grande coisa. A escrita é algo forçada, e a história é uma cópia de Night Circus, ( O Circo dos Sonhos). Tendo S. Petersburgo como pano de fundo, a ação desenrola-se muito, muito lentamente, a escrita não prende o leitor e o fim  foi... pobre. Lá temos o tal triângulo amoroso, lamechas pra caraças, e cliché até dizer CHEGA, até aos encantamentos feitos pelos protagonistas que ´são, como disse anteriormente, uma cópia do Night Circus.Gostei porém, da descrição de S. Petersburgo, gostei do ambiente que a escritora deu à trama, gostei da descrição da vida  dos cidadãos russos no século 19. 3 estrelas 

Um Dó Li Tá

A detetive Helen Grace, depara-se com o que parece ser um serial killer. As pessoas são raptadas aos pares e não têm nada em comum entre si, não se conhecem, não se relacionam, não moram perto umas das outras ....mas o assassino escolhe-as com uma intenção...

Mais um thriller de grande qualidade. Muito bem estruturado, a história avança com o suspense que lhe é inerente, deixando sempre o leitor intrigado e com sede de terminar o livro. Os personagens contudo, neste género de livro, não evoluem como pessoas. A escrita é simples mas fluida,  o ritmo é rápido, não tendo páginas 'aborrecidas' assim por dizer. Tem cenas brutais, portanto não contem com frases bonitinhas e lamechas, pois aqui não as vão encontrar. Recomendo muito. 4 estrelas