Rainbow Pinwheel Pointer

quinta-feira, 28 de julho de 2016

The Muse

1967
Odelle Bastien chegou a Londres com a sua amiga Cynth, são negras e vieram das Ilhas de Trinidad. São olhadas com grande desconfiança pelos londrinos, como seria de espertar, mas a vida começa a correr-lhes bem quando Odelle arranja emprego como secretária numa galeria de arte  em Londres ,e Cynth fica noiva de um londrino.

1937
Temos depois a vida de Olivia, uma jovem de 17 anos que se mudou com a familia para o sul de Espanha. O pai é judeu-austríaco e a mãe é inglesa. Olivia tem como hobby o desenho, mas seu pai negociador de arte, não a valoriza, pelo contrário, substima e troça do talento da jovem, só porque ela é mulher....

Mais uma grande leitura, em torno de um mistério/segredo, mesmo ao jeito de Jessie Burton, tal como fez no Miniaturista. A escrita é de altíssimo nível e viciante. A protagonista, Olivia, é uma personagem formidável, a sua história de vida é brutal. O twist do final (eu esperava tudo menos aquilo) foi de génio. O leitor segue a vida de Olivia ao longo do livro, a sua pequena 'partida'  tornou-se depois numa mentira, que leva à morte de várias pessoas. Odelle Bastien, é um meio para....é uma personagem secundária que quer resolver o mistério. 5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário