Rainbow Pinwheel Pointer

sábado, 7 de março de 2015

Últimos Ritos

Esta é a história de Agnes Magnúsdóttir, uma mulher de 34 anos condenada à morte. Foi acusada de ter esfaqueado um homem e em seguida ter pegado fogo à quinta do mesmo. Agnes era dotada de grande inteligência, era uma indigente e quase não teve infância. Sofreu maus tratos e abusos vários. Depois de ter sido expulsa da sua última família de acolhimento, Agnes vai trabalhar para Natan, o médico/curandeiro lá do sítio, que tinha um 'fraco' por mulheres, e por quem se apaixona.
Agnes, depois de sentenciada, chama  Tóti um padre que afirma ter conhecido há uns anos. Será ele que irá acompanhar os seus derradeiros passos. Enquanto aguarda a morte, Agnes fica em casa de uma família de lavradores, que a princípio não a quer lá, mas a relação diária com a condenada, faz a família mudar de ideia.

Foi uma excelente leitura, uma narrativa de grande qualidade, a autora conseguiu dar vida, ao que a princípio poderia ter sido uma história aborrecida e sem interesse. Mantendo sempre o leitor na expetativa, alternando os narradores, e dando a conhecer lentamente e de uma forma muito original , a verdadeira história de Agnes. Quero salientar que foi uma história verídica, e que tem toques de sobrenatural, Agnes, sua mãe biológica, e Inge sua mãe de acolhimento, tinham premonições. Agnes também as tinha, assim como Natan e vários outros personagens.
A autora prende o leitor com a excelência da narrativa, ao longo da mesma tem vários pontos altos, e termina com a descrição que Agnes fez, de como tudo aconteceu.Daria 4,5 estrelas por não ser uma ideia original e fiquei chocada com o final, oh pah :(

4 comentários:

  1. Ois Elsa,

    Bem que rapidez a ler livros, estás on-fire :D

    Ainda bem que gostaste, pois é um livro que tem muita qualidade.

    O Final é o que se passou na realidade, mas foi cruel e bem conseguido, tambem gostei ;)

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois o final foi cruel, mas ela teve o que merecia, eu julguei que ela não tinha tido nenhum papel na morte de natan

      bjos

      Eliminar
  2. Tenho ouvido muito boas críticas a este livro, mas até este livro me interessar tenho de ler muita coisa antes :P

    ResponderEliminar