Rainbow Pinwheel Pointer

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Valquíria

Freya tem 17 anos, vai tornar-se uma Valquíria tal como sua mãe e irmãs. A cerimónia é no hall principal de Valhala, cidade dos deuses nórdicos, como todos sabem. Mas Freya não gosta de visitar os campos de guerra, de onde tem de recolher as almas dos guerreiros que morrem com dignidade. Tanta morte e tristeza não é o que a jovem deusa quer para o seu futuro, mas ao recolher a alma de um militar, Freya faz-lhe uma promessa, promete ajudar a famíla dele na terra (Midgard).

Um livro básico, que nada tem de original. Uma deusa de Valhala  vem à Terra ajudar os humanos. A estrutura é linear, a linguagem é básica , a tradução é do pior que tenho lido. Há muitos erros ortográficos e gralhas constantes. Parece uma banda desenhada escrita em forma de livro. 2 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário