Cute Bow Tie Hearts Blinking Blue and Pink Pointer

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

A Quimera de Praga


Na cidade de Praga, a jovem Karou inicia uma vida de teenager, tem cabelo azul e olhos negros. É artista e tem um grande talento para o desenho. A sua vida porém é estranha, desaparece por vezes, e quando aparece vem com ferimentos vários. Nessa mesma cidade existe um portal que leva Karou para o mundo das quimeras, onde os seus 'familiares' a esperam, para fazer uns certos recados, a recolha de dentes, tanto de humanos como de animais. Ah, mas os serafins (anjos), declaram guerra às quimeras, e o mundo está à beira duma guerra nunca antes vista.


Aqui está um livro com uma premissa interessante, mas que a autora não conseguiu desenvolver. A escrita não é das melhores, é simples e fútil. Karou aka, Madrigal, é quimera, mas a autora apresenta-a como uma teenager histérica e pateta, tal como os seus amigos humanos Zusana e Mik. A estrutura não resultou, pois a autora segue  o percurso do personagem, e depois volta atrás para explicar como o tal personagem chegou até ali, não o fez bem, e o resultado foi uma grande confusão. Depois temos o cerne da questão...Karou e Akiva o par lamechas da história, que não convence ninguém. No meio da batalha, em plena guerra e depois de ter perdido os seus amigos quimeras, Karou só vê Akiva ( seu inimigo) e os seus olhos de fogo. Fez-me lembrar o Twilight, mas pior, muito pior. Enfim uma história de caca, que podia ter sido muito bem conduzida. Não gostei Nada. 2.5 estrelas por causa da ideia.

2 comentários:

  1. Olá!

    Ora aí estão. Sou da mesma opinião.

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
  2. É triste, poia a autora escolheu um tema interessante e onseguiu 'assassina-lo :(

    ResponderEliminar