Sun 3

domingo, 21 de setembro de 2014

Burn - Trilogia Pures

Fechando com chave de ouro esta trilogia, a autora recomeça a aventura (ou desventura) com os  três jovens mutantes que chegaram a Newgrange , na Irlanda. Ali  foram também feitas experiências genéticas com humanos e animais. Foram criados outros horrores, mortos trazidos para a vida... 

Os três partem outra vez para os E.U. levando consigo uma arma genética, destinada a destruir a Cúpula e os Puros. Partridge,  matou o pai, mas foi manipulado, está agora no poder, é um fraco, um garoto mimado que não sabe fazer nada, deita tudo a perder...


Os conflitos continuam, a Cúpula tem agora jovens clones com armas embutidas no corpo, mas estes jovens soldados não têm treino, são presa fácil para os mutantes, que se organizam para o derradeiro conflito....


Foi uma grande leitura, aprendi muito sobre nanotecnologia e armas biológicas, a autora é bastante específica, vê-se que pesquisou muito sobre o assunto. O fim foi triste, mas necessário, os pares amorosos do início, ficaram no fim todos trocados (achei excelente) pois a vida é mesmo assim, nunca nada é como queremos. Isto mostra grande maturidade da autora, que não se fica com a básica; rapariga conhece rapaz e vivem felizes para sempre.

Além desta realidade , há também a mensagem da autora que eu interpreto da seguinte maneira: poder é poder, seja 'democrata' ou 'fascista', nunca é para ajudar a Humanidade.


Sem comentários:

Publicar um comentário