Rainbow Pinwheel Pointer

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Vidas Roubadas

Heidi Wood vê uma adolescente na estação de comboio, está suja e parece esfomeada. A adolescente traz uma bébé ao colo, Heidi resolve levá-las para casa.
Chris o marido, e Zoe a filha de 12 anos, não gostam de ter uma estranha e uma bébé em casa, estão desconfiados.O tempo vai passando e Heidi parece decidida a não entregar a jovem e a bébé à segurança social.

Uma história monótona e sem ação, a verdadeira história é contada pela jovem, e nos entretantos a trama arrasta-se sem qualquer interesse. A partir do momento em que a jovem Wilow (Grace) descreve o que tem vestido, (o que acontece antes do meio do livro), o leitor percebe tudo, não há twists nem surpresas, é tudo muito previsível. A autora não foi original, o tema é já muito 'batido', tendo já sido explorado por centenas de escritores. A escrita é correta. 2 estrelas pela história- 3 estrelas pela escrita, portanto 2.5 estrelas

1 comentário:

  1. Viva,

    Bem vejo que não andas com muita sorte nas leituras, mas pronto irá melhorar

    Bjs

    ResponderEliminar