Rainbow Pinwheel Pointer

sábado, 26 de março de 2016

Traveller

Após a batalha travada dentro da nave Traveler, Quin e Shinobu, conseguem escapar, com muitos ferimentos. Abrem um buraco no espaço e viajam até Hong Kong, onde vivem as suas respetivas mães. Mas o pai de Quin continua vivo, tenta matar a própria filha, mas é mal sucedido e entao manda segui-la. Quin e Shinobu, descobrem que quem os anda a seguir é um bando de miudos, têm a aparência de Dreads, mas não o são. 

A sequela de Seeker foi um pouco dececionante, por alguma razão, este segundo livro não manteve o suspense do livro anterior. Aqui, a autora tem vários plots, o de Katherine, mãe de John,os miúdos Dread, Maud, Quin, Shinobu e ainda John. Por vezes a narrativa torna-se um pouco monótona. A qualidade da escrita também é inferior ao livro anterior, o que achei estranho, no mínimo. No entanto , os mistérios revelados foram muito interessantes, mas a autora deixou tudo para o fim, não houve 'espaçamento' de aconrecimentos, o que torna sempre a trama monótona e aborrecida. 3.5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário